5 livros sobre gestão que todo empreendedor precisa ler

Sejam obras fictícias ou histórias reais, livros sobre gestão são sempre excelentes aliados para líderes que desejam melhorar seus conhecimentos. Isso porque trazem ensinamentos sobre várias áreas que podem ajudar o profissional a lidar com os desafios no trabalho.

Segue abaixo 7 livros sobre gestão que irão contribuir para a formação de um bom líder. Confira!

1. Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes
A obra escrita Stephen Covey é um excelente livro sobre gestão que não pode faltar na sua estante.
Para o autor, vencer ou fracassar é resultado de 7 hábitos que diferem as pessoas felizes, saudáveis e bem sucedidas de pessoas fracassadas, que sacrificam sua felicidade para alcançar o sucesso.
O livro é recomendado para líderes porque convida o leitor a realizar mudanças de comportamento de dentro para fora. Não importa quantas pessoas você lidere, a única pessoa que você consegue modificar é você mesmo.
Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes fala de auto-domínio, trabalho em equipe, cooperação, comunicação e renovação contínua — competências altamente necessárias no mundo corporativo.

2. Como fazer amigos e influenciar pessoas
Este livro explora um ponto sensível no comportamento humano: a melhor maneira de se relacionar com as pessoas. Carnegie afirma que para se relacionar bem com as pessoas é preciso se colocar genuinamente no lugar delas, pois, dessa forma, você deixa de julgar, criticar ou condenar o próximo.
Ele ensina práticas para conquistar a confiança das pessoas, sem manipulá-las, e cita exemplos de grandes líderes, como Abraham Lincoln.

3. Primeiro quebre todas as regras
Este livro é resultado de dois estudos importantes realizados pelos autores da obra: Marcus Buckingham e Curt Coffman. A obra apresenta os princípios importantes de grandes gerentes e oferece exemplos de líderes que põem em prática os seus conhecimentos de gestão.
O livro mostra claramente a diferença entre grandes líderes e aqueles medianos, porque é preciso estar atento à natureza individual de cada funcionário e cita as habilidades que mais valorizadas.
O primeiro motivo para a leitura deste livro ser inspiradora para líderes, é que suas ideias são apoiadas em pesquisas de profundidade e não em teoria. Ele é um estudo bem fundamentado sobre o que os funcionários pensam da liderança e o que grandes gestores fazem para atingir resultados excepcionais.

4. Quem mexeu no meu queijo?
O livro de Spencer Johnson é uma obra que retrata a vida, sua dinâmica e os objetivos que muitos buscam. Ele faz uma analogia às variações do cotidiano do ser humano, sujeito a mudanças inesperadas.
Na história, os personagens vivem um desafio em busca do que eles querem ter, que no livro é representado pelo queijo. Mas, mudanças repentinas fazem com que eles busquem outras alternativas de alcançarem seus objetivos.
A mensagem passada no texto é que o cenário pode mudar a qualquer momento e que as pessoas devem estar preparadas para isso. Além disso, o ser humano nunca deve se acomodar diante de nenhuma situação, pois, ao se adaptar às mudanças, pode alcançar objetivos maiores e melhores.

5. Criatividade S.A

O livro Criatividade S.A foi escrito por Ed Catmull, um dos fundadores do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade: a Pixar. O livro narra a trajetória de sucesso do estúdio, desde os encontros com a equipe às reuniões de brainstorm.
Catmull mostra como se constrói uma cultura de criatividade em um livro para quem busca inspiração para os próprios negócios.
Sua leitura se torna interessante porque conta a história de uma empresa importante no cenário atual e que pode ser considerada um exemplo prático de criatividade. Além disso, Catmull cita no livro a importância de ter a equipe certa, pois ela é o ponto chave para se ter novas ideias. Ele também estimula o leitor a ter uma mentalidade criativa.

Já leu alguma dessas obras? Como foi experiência? Uma boa leitura destes livros pode ajudar, e muito, na organização de sua empresa.

Fonte: Project Builder

Empreendedorismo e liderança sustentável

Empreender é mobilizar pessoas, investidores e recursos para transformar ideias em realidade. Porém, no mundo empresarial, uma ideia, por melhor que pareça, se não contemplar soluções que visem ao desenvolvimento equilibrado da economia, da sociedade e do planeta, terá cada vez menos chances de sair do papel.
Não é de hoje que a sustentabilidade tem ganhado espaço no planejamento estratégico das empresas. Cada vez mais empreendedores enxergam o desenvolvimento sustentável como fonte de vantagem competitiva sobre seus concorrentes, utilizando assim iniciativas que vão desde o uso dos recursos humanos até a minimização dos impactos no meio ambiente.
Para o empreendedor o mais importante é tomar iniciativa e buscar maneiras de reduzir o impacto ambiental causado pelo empreendimento. E isso vai desde reduzir a quantidade de matéria-prima utilizada na sua empresa, poupar a energia utilizada na produção, promover a criação de um sistema de que facilite o descarte da embalagem de produtos, até trabalhar o posicionamento da empresa de forma a conscientizar e propagar a necessidade de aderir aos desenvolvimento empresarial sustentável.


Ética, transparência, respeito à diversidade e cuidado ecológico são alguns dos valores que estruturam o chamado conceito de sustentabilidade e diferenciam líderes sustentáveis dos convencionais. Amparadas em princípios sólidos, essas lideranças sairão na frente na corrida por empreender os negócios de destaque no século XXI, pois:

– têm coragem, paixão e resiliência para promover mudanças e romper com padrões aparentemente inabaláveis:
– são empáticas e capazes de desenvolver fortes relações de sinergia; conseguem realizar amplas leituras de cenário para identificar oportunidades de negócio e inovar;
– dedicam-se a formar novos líderes por meio de seus exemplos e histórias; e compreendem a interdependência entre os sistemas produtivo, ambiental e social.
O empreendedor deve lembrar que essa é uma preocupação do seu público e que ações voltadas para a sustentabilidade, além de serem ótimas para o planeta, são um diferencial para o consumidor, e cada vez mais se torna um fator decisivo na hora da compra. Esse tipo de ação também pode reduzir os custos de produção do produto.
Ou seja, com os investimentos em sustentabilidade todos saem ganhando. O consumidor tem mais opções na hora da compra, o empreendedor ganha em diferenciação e quem sabe até em redução de custos, e o nosso planeta agradece.

Mães empreendedoras: Dicas para aumentar a produtividade!

 

Você está pensando em ter um filho, mas questiona o impacto que ele terá no seu trabalho? Ou até mesmo, já constituiu uma família e deseja algumas dicas para auxiliar na sua organização diárias e assim proporcionar maior agilidade nas suas tarefas?
Para iniciar nossa discussão, abordamos uma pesquisa realizada por pesquisadores da Federal Reserve Bank of St. Louis, que concluíram que mães são mais produtivas se compararmos com mulheres que nunca tiveram filhos. Porém, esse dado pode levar ao seguinte questionamento: com o nascimento do bebê uma fatia da produtividade da mãe não fica comprometida? Noites mal dormidas, filhos doentes, trocas de fraldas constantemente… Essas são algumas das atividades que podem vir a minar o desempenho das mulheres, porém, também e visto que os filhos trazem um impacto positivo assim que começam a ganhar idade, pois desenvolvem ainda mais o senso de responsabilidade, compromisso, determinação e motivação, tudo isso atrelado as novas experiências que a maternidade proporciona.

Como ser uma mãe empreendedora mais produtiva?
Agora que já abordamos um pouco sobre o impacto dos filhos na vida de uma mãe, vale ressaltar dicas para tornar os dias mais longos e valiosos. Sendo elas:
* Valorize seu tempo: Sem dúvida pensar em como gerenciar o tempo entre tantas tarefas da vida de mãe, mulher, dona de casa e empreendedora é algo que parece praticamente impossível em alguns casos. Sendo assim, em meio a tantas ocupações é importante definir e separar as demandas diárias em nível de prioridade (faça listas, coloque no papel, no seu notebook, no seu smartphone), mantendo assim o foco e distribuindo seu tempo de maneira inteligente.
* Prepare seus filhos: converse e prepare seus filhos para o que vai acontecer e sobre o local que vocês estão indo, antes mesmo de sair de casa. Ao entrar no carro, por exemplo, explique a situação e esclareça a situação. Principalmente, aborde sobre quais comportamentos você não irá tolerar, assim como quais tarefas e momentos a participação deles será muito bem-vinda.


* Imponha limites: Essa é uma dica que pode ser aplicada em diversas situação da sua rotina. Pode parecer óbvio, mas muitos pais não conseguem perceber como os limites são importantes para conseguir conciliar todas tarefas do dia-a-dia com a criação dos filhos. Manter o senso de autoridade e respeito no seu lar é fundamental.
* Seja flexível: Por fim, seja flexível! Muitas vezes os dias turbulentos nos faz perder um pouco a sensibilidade para determinados momentos, por isso, não se esqueça, a maternidade é um eterno ciclo de aprendizagem e por mais que os limites sejam fundamentais na conciliação da sua vida profissional e pessoal, mantem hábitos flexíveis também ajudam as crianças a sentirem-se mais positivas e dispostas a colaborar.

Ser mãe é um desafio para a vida e assim deve ser encarado! Por isso, ao aplicar as dicas que foram passadas, saiba que nenhuma mudança ocorre por completo do dia para a noite. Seus filhos precisam se tempo para adaptar-se as novas ideias. Por isso, seja persistente e siga aprimorando a forma com que você os educa dia após dia. Com certeza assim você conseguirá administrar melhor seu tempo e seus filhos terão hábitos compatíveis com a sua necessidade de empreendedora!

7 passo para motivar sua equipe

Ser um líder engloba diversos fatores, entre eles encontra-se o fator de como trabalhar a motivação de equipes. Manter a equipe motivada é um dos maiores desafios que um líder pode enfrentar durante a carreira. Apesar de muitos profissionais associarem a motivação apenas ao âmbito salarial, existes diversos pontos que precisam ser levados em consideração para que o colaborador sinta-se motivado e confortável dentro do ambiente de trabalho.
É necessário entender as verdadeiras motivações pessoais de cada indivíduo, bem como sua reais necessidades, que vão desde a alimentação, instalações adequadas, equipamentos de qualidade, além é claro, de entender quais são as verdadeiras motivações pessoais de cada indivíduo.
Para colocar tudo isso em prática não é preciso de muito, basta ser humanista, ter bom senso e disposição para ajudar. Confira abaixo sete maneiras simples de motivar sua equipe!
1 – Valorize diferentes ideias
As pessoas possuem ideias e opiniões. Por isso, sempre leve em consideração as sugestões de seus colaboradores. Uma boa dica é criar um sistema de organização de ideias, algo como uma caixa de propostas ou um concurso que premie as percepções que se destacam. Assim, é possível ser igualitário e instigar a equipe a sempre se esforçar para atingir os resultados e ficar mais motivada.
2 – Estabeleça metas que possam ser alcançadas
Define para sua equipe metas claras, objetivas e possíveis. Dessa forma você estimulará seus colaboradores a atingi-las e despertará o sentimento de desejar continuar crescendo dentro da empresa. Além disso, as metas são excelentes maneiras de analisar o desempenho de cada funcionário dentro da empresa e também com seus próprios objetivos.
3 – Ofereça benefícios
Recompense seus colaboradores. Oferecer benefícios é uma forma simples e muitas vezes de baixo custo para criar vínculos com seus funcionários. Itens como cursos de idiomas, especializações, convênios com academias, cinemas, restaurantes, entre outras opções, podem deixar seus colaboradores mais felizes e engajados com a empresa.
4 – Seja presente
Um líder possui diversas funções a serem desenvolvidas ao longo de seu dia, porém, é essencial reservar um tempo para se dedicar a sua equipe. Mostre-se acessível, disposto a orientar e ajudar seus funcionários com o que for preciso. São atitudes simples que revelam seu espírito de liderança e que farão com que seus colaboradores sintam-se prestigiados e felizes em poder fazer parte da sua empresa.
5 – Mostre qual o papel de cada um no plano estratégico da empresa
Deixar claro para a sua equipe onde você deseja chegar com a empresa é fundamental. É de extrema importância que cada colaborador saiba como a direção planejou o futuro da organização, bem como quais são as estratégias e táticas envolvidas. E, além de esclarecer a visão para o futuro, é extremamente relevante mostrar o papel de cada colaborador e qual sua importância no processo.
6 – Seja humanista
Todo bom gestor deve compreende que, além de métricas e resultados, a empresa é composta por seres humanos. Por isso, é preciso compreender seus anseios e não simplesmente tratá-los como executores de tarefas. Saiba entender cada colaborador de forma individual e criar relações sinceras e respeitosas com cada um deles.
7 – Celebre as conquistas
Reconheça o esforço e dedicação dos seus funcionários. Celebre as conquistas e o bom desempenho da equipe a cada meta atingida. Pode ser um café da manhã, um almoço empresarial, um grito de guerra, happy hour. Assim, você elevará o espírito de time, além de deixar o ambienta de trabalho mais saudável.
Agora é mãos a massa. Siga essa 7 dicas e com certeza conquistará um equipe mais engajada, motivada e disposta a vestir 100% a camisa da equipe!

Liderança e Gerenciamento de Equipes – A Jornada do Líder

Durante sua rotina de empreendedor você já parou para se perguntar: afinal, por que aprender a ser um líder? Pois é, pequenas e simples atitudes, aplicadas de forma inteligente no seu dia a dia podem te ajudar a conquistar as pessoas, se envolver com o que temas importantes, fazer algo realmente inspirador na sua carreira, ter companheiros em sua jornada, entre diversos outros pontos que englobam a jornada do líder.

Como podemos definir liderança, um dos assuntos mais abordados na área empresarial? Seria a partir do carisma do empreendedor? Da sua Influência? A inspiração que o mesmo transmite? Sim, é possível usar como base esses pontos, porém, existem muitas razões para você iniciar a jornada. Existem muitas estradas, muitos destinos e com certeza, muitas maneiras de viajar.

Podemos mencionar que a liderança é um paradoxo, isso porque você não pode “possuí-la” diretamente, mas sim é um papel que só pode ser concedido a você através dos outros. Ela chega quando as pessoas ao seu redor, seus colaboradores, reconhecem você, sua capacidade e maestria. Ser um líder não faz sentido sem que os outros optem em viajar com você nessa jornada, afinal, um líder solitário é “como uma só mão batendo palmas”.

Muitas qualidade cercam um líder, porém, é importante destacar 3 pilares fundamentais: autodesenvolvimento, habilidades de comunicação e influência e pensamento sistêmico.

Em primeiro lugar, ser um líder significa desenvolver-se a si mesmo. A medida que você se torna um líder, você precisa encontrar recursos dentro de seu “eu interior”, descobrindo novos valores que você não sabia que tinha. Ao realizar isso, você torna-se mais você e atua de maneira mais precisa, pois a maior influência de um líder vem de quem ele realmente é, do que ele faz e do exemplo que ele deixará por onde passar.

Em segundo lugar, o líder inspira outros para juntar-se a ele na estrada, bem como: transmite confiança a seus funcionários, motiva o espírito de equipe, delega responsabilidades, é honesto, transparente e aprecia esforços. Sendo assim, liderança envolve habilidades de comunicar e influenciar.

Em terceiro lugar, um líder precisa olhar para frente, bem como prestar atenção onde ele esteve e onde ele está agora. O líder vê além da situação imediata. Ele vê o contexto da jornada inteira. Isso significa que ele precisa compreender o sistema do qual faz parte, ver além do óbvio, sentir como os eventos se conectam a padrões mais profundos, enquanto outros apenas vêem acontecimentos isolados. Liderança é uma combinação de quem você é, habilidades e talentos que você tem e a sua compreensão da situação ou do contexto em que você está.

Liderança se baseia em propósito, visão e valores. É muito estudo, aprimoramento, pensar no próximo e não apenas em si mesmo. Não é uma qualidade que possa ser racionada ou controlada. Sendo assim, o propósito estabelece o destino. A visão é para ver aonde você está indo e os valores para guiá-lo em direção a um futuro de sucesso sustentável a longo prazo.

Por isso, empreendedores, inspirem-se a sempre ir além, afinal, líderes são necessários para guiar a organização e desenvolver outros líderes. Sua performance e decisões terão impactos futuros de extrema relevância sobre sua organização e principalmente, sobre a vida de diversas pessoas. Por isso, informe-se, faça a diferença e honre seu papel de destaque.
Mãos a obra!